domingo, 13 de dezembro de 2015

MARCO ZERO É PALCO PARA PROTESTO PRÓ-IMPEACHEMENT





No Marco Zero, Centro do Recife, cerca de 500 manifestantes pró-impeachment estão reunidos neste momento. A maioria deles usa roupas verdes e amarelas, em alusão às cores da bandeira nacional. “Fora Dilma” é o que se lê na maior parte dos cartazes e faixas, além de ser o principal “grito de guerra” dos manifestantes. Alguns cartazes fazem referência às forças militares: “Braço forte, mão amiga, onde estás?”, e bonecos representam parlamentares ligados a escândalos de corrupção. 

Alguns nomes políticos do estado estão engajados no protesto, coordenado por grupos como o Vem Pra Rua. Mendonça Filho (DEM), Priscila Krause (DEM), Terezinha Nunes (PSDB), Raul Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Daniel Coelho (PSDB) estão em cima de carro de som, gritando “fora, Dilma!” e discursando sobre os protestos e o cenário político atual. 

“Uma coisa é botar os corruptos na cadeia. Outra coisa é passar esse país a limpo. E o que vai fazer com que em 2016 esse país seja passado a limpo? É isso aqui: o povo na rua, participando, debatendo, mas também dando respaldo a políticos que aqui estão, como Jarbas Vasconcelos, Mendonça Filho, Priscila Krause, Daniel Coelho, Terezinha Nunes… Não, não vai ter golpe. Vai ter impeachment!”, bradou Raul Jungmann (PPS), bastante aplaudido pelas pessoas em volta do carro de som.


“Qual é o objetivo maior do país, hoje? Tirar Dilma do poder, mandar Dilma para o apartamento dela, em Porto Alegre. É isso que o Brasil quer. Por isso, meus amigos, eu vim aqui como deputado federal, para dizer a vocês que eu tenho preenchido os meus espaços. Qualquer espaço que me dão na imprensa nacional para dizer qualquer coisa contra o PT, contra Lula e contra Dilma, eu ocupo. E ocupo de maneira muito firme e muito correta. Quero dizer a vocês que sem a unidade popular, sem a presença do povo nas ruas, nós não vamos a lugar nenhum”, declarou Jarbas Vasconcelos.

Até o momento, a polícia militar ainda não divulgou estimativas da quantidade de manifestantes reunidos no Recife. Eles devem ficar reunidos no Marco Zero até o início da tarde. Fonte: Diário de Pernambuco.